Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Orientação a Objetos II (Casos de uso)

Continuando a falar de orientação a objetos,

Para a definir os objetos de um software é muito importante estudar a descrição de casos de uso.

Os casos de uso com ajuda do "levantamento de requisitos" (post anterior), podemos descrever funcionalidades do sistema.

Atores executam tarefas sobre o sistema.

Em sistemas simples e complexos encontramos atores, que podem ser módulos do
sistema, um outro sistema, um perfil de usuário (administrador, atendente...).

No estudo de caso do nosso simulador P2P, temos em exemplo:
Requisito:
Construir um software que troque arquivos entre um servidor em um cliente pela
rede independente da implementação do cliente e do servidor, usando um
protocolo para padronização.

Atores: Cliente e Servidor.
(Se quisermos ir mais a fundo podemos colocar até mesmo o usuário que lida com o cliente como um ator)

Casos de uso do Ator Cliente:
Case 1: Enviar um protocolo de pedido com a lista de arquivos do Servidor P2P
Case 2: Enviar um protocolo com o pedido de download de um arquivo
Case 3: Aceitar download de arquivo.
E assim por diante....

Casos de uso do Ator Servidor:
Case 1: Enviar um protocolo com a lista arquivos do servidor;
Case 2: Enviar arquivo para download.
...

Próximo post: sobre como usar os casos de uso para criar os métdos (funções, ações) e como montar um classe.

Nenhum comentário: