Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Criar WebService com Netbeans

Criar um webservice com o netbeans é muito simples. Basta seguir os seguintes passos:

1 - Criar um novo projeto web.



Não é necessário selecionar nenhum framework por enquanto.




2 - Agora que criamos o projeto, temos que criar o serviço. 
- Arquivo -> Novo arquivo... -> Serviço Web -> Serviço Web (no campo da direita) -> Próximo. 



3 - Definir o nome e pacote do serviço.
Importante: Você só pode selecionar a opção "Implementar serviços Web como Bean de sessão sem estado", se estiver usando um servidor que suporte EJB e tomcat não é um destes.


4 - Selecionar sim na mensagem que aparece, para adicionar a frame work METRO.


5 - Então é apresentada a tela com o fonte do seu webservice.
Obs: Você pode importa ele para outro projeto usando a dica anterior.




Para acessar o serviço criado basta entra no endereço: http://localhost:8084/TestWS/TestWS

Importar Web Service para Java

Execute no console:
 
 . 
 $wsimport -keep -p org.test http://localhost:8080/testWS/TestWS?wsdl
 .
 .
 .

domingo, 8 de janeiro de 2012

Primeiros passos com maven


Estrutura de pastas:



Primeiro passo: Criar o arquivo pom.xml No maven pom.xml é o arquivo onde você faz o mapeamento das dependencias e de como deve ser feita a montagem dos artefatos. pom.xml

  4.0.0
  com.ramon.app
  my-app
  jar
  1.0-SNAPSHOT
  my-app: Ramon's tests
  http://maven.apache.org
  
    
      junit
      junit
      4.8.2
      test
    
    
      log4j
      log4j
      1.2.12  
    
    
      commons-logging
      commons-logging
      1.1.1
    
  
  
    
      
        src/main/resources
        true
      
    
    
      
        maven-assembly-plugin
        2.2.1
        
          
            jar-with-dependencies
          
        
      
      
 org.apache.maven.plugins
        maven-jar-plugin
        
          
            
              com.ramon.app.App
            
          
        
      
    
  

Após ter criado a estrutura de pastas e pom.xml você pode abrir o projeto no netbeans ou importar como projeto maven no eclipse. Existem outras maneiras de configurar seu projeto na IDE, mas eu prefiro assim.
....
Segundo passo: Codificando... Na codificacão você não precisa se preocupar em colocar as dependencias no classpath, pois elas já foram descritas no pom.xml.
Quando for fazer o build o maven cuida das dependencias. App.java
package com.ramon.app;

import java.util.ResourceBundle;
import org.apache.log4j.BasicConfigurator;
import org.apache.log4j.Logger;

public class App{


 static final Logger logger = Logger.getLogger(App.class);

 /**
  *
  * Metodo principal do sistema
  *
 **/
 public static void main (String [] args){

                ResourceBundle bundle = ResourceBundle.getBundle("application");
  BasicConfigurator.configure();
  logger.info("info -> Hello World");
  logger.debug("debug -> Hello World!");
 
  System.out.println("Hello World");
                System.out.println("paramtro1: " + bundle.getString("parametro1"));
 }

}
HelloWorld.java
package com.ramon.app;

public class HelloWorld{

    private String text ;

    public HelloWorld() {
    }
    
    public HelloWorld(String text) {
        this.text = text;
    }

    public void setText(String text) {
        this.text = text;
    }

    public String getText() {
        return text;
    }
 
    @Override
    public String toString() {
        return text.toString();
    }       
}